• Lipe Diaz

Tutorial: Aprenda como desenhar a cabeça


Nesse artigo será explorado o uso de construção com formas simples para se desenhar uma das mais importantes partes do desenho de figura humana, a cabeça.


É importante manter a simplicidade da construção para facilitar a renderização, o posicionamento do objeto no espaço e até mesmo a eventual estilização e redesenho.

O primeiro passo para fazer um bom desenho de cabeça é uma boa construção. Essa construção é baseada em formas geométricas simples (imagem 01).


imagem 01

Uma esfera ou oval representa bem a massa cranial ou domo da cabeça. O maxilar inferior pode ser representado por formas triangulares ou quadradas. O importante é manter a simplicidade.


O segundo passo é fazer a marcação das feições, seguindo as proporções corretas: dividindo a cabeça horizontalmente, a linha dos olhos é a metade entre o topo da cabeça e o queixo; entre a linha do cabelo, sobrancelhas, nariz e queixo, temos uma divisão em três partes iguais. As orelhas se encontram entre as linhas do segundo terço. Outras proporções importantes para o correto posicionamento da feições do rosto são: a distância entre os dois olhos é equivalente a largura do olho; a largura do nariz pode ser definida como a distância entre dois olhos, de uma aleta ou asa nasal até a outra (essa proporção pode ser bastante modificada dependendo da pessoa a ser representada); a base do lábio inferior se encontra no meio entre a base do nariz e o queixo (imagem 02).


imagem 02

Como as formas geométricas são tridimensionais é possível utilizar essa construção para qualquer posição de cabeça, no entanto, repare como as linhas guias utilizadas para posicionar as feições assumem uma forma curva ao invés das retas utilizadas nas vistas ortogonais (frontal e lateral). Aqui se define bem a tridimensionalidade da cabeça, com a mudança do aspecto das linhas refletindo a aparência arredondada que a cabeça possui (imagem 03).



Imagem 03


O terceiro passo é desenhar a estrutura, aplicando os conhecimentos de anatomia, músculos e esqueleto (imagem 04).


imagem 04

Alguns pontos a serem observados que são de extrema importância por sua proeminência são: os olhos, esferas recobertas pelas pálpebras que definem sua forma amendoada e assimétrica, na visão frontal e triangular de base curva na vista lateral; a estrutura do nariz é definida com linhas somente em um dos lados para a raiz e o dorso nasal (o lado escolhido é o que se encontra oposto a direção da luz, portanto em sombra) e linhas para as narinas e alas nasais; a linha que representa a separação entre o plano frontal e o plano lateral, na testa (também somente no lado da sombra); a linha que define o osso zigomático, ou maçã do rosto. Repare como o rosto feminino normalmente é representado com menos linhas que o masculino, ressaltando um aspecto mais suave e delicado (imagem 05).





O quarto passo é a renderização de luz e sombra, considerando os planos do rosto e o volume da cabeça. Estabeleça a localização da fonte de luz e quais pontos possuem brilho, tonalidades médias e sombras. Não esqueça das sombras projetadas. Alguns pontos típicos onde se encontram sombras projetadas são: abaixo das sobrancelhas, abaixo do nariz e abaixo do lábio inferior, para uma luz tipicamente vindo de cima. Tenha em mente que planos diferentes apresentarão tonalidades diferentes, portanto separe bem os planos frontal e lateral e superior e inferior. O acabamento ou finalização do desenho se dá nessa etapa, com a definição das linhas, a correta aplicação das tonalidades em diferentes gradações e o uso de texturas (imagem 06 e 07).



imagem 06
imagem 07

Parabéns! Se você seguir todas essas etapas também conseguirá desenhar cabeças do início até o fim. Continue praticando!


Autor: Vitor Neto (Instrutor de Desenho Básico)


Quer receber tutoriais e dicas gratuitas em seu e-mail? Clique aqui e cadastre-se!


Faça uma aula experimental grátis online e AO VIVO de fundamentos de Desenho. Aprenda a dar vida às suas ideias e sonhos! Aulas com acompanhamento individual em grupos pequenos, com material didático e acompanhamento de artistas do mercado!


As grandes diferenças e vantagens das aulas online e AO VIVO são a interação, mentoria e networking! Pense nisso: Por acaso, numa aula gravada, você consegue tirar dúvidas, ter feedback do seu trabalho diretamente de um desenhista atuante no mercado e trocar ideias com outros colegas e profissionais?


A Lipe Diaz Escola te proporciona muito mais do que o ensino das técnicas, aqui você terá uma EXPERIÊNCIA completa de aprendizado, e isso não tem preço!


Clique aqui e saiba mais sobre o curso ou fale conosco diretamente pelo Whatsapp!


0 visualização
NÓS ACREDITAMOS NO SEU POTENCIAL E TALENTO ARTÍSTICO

LIPE DIAZ - UNIDADE CENTRO

RUA BUENOS AIRES, 23 - 301 - CENTRO -  RIO DE JANEIRO

LIPE DIAZ - UNIDADE BOTAFOGO - ESCOLA DÍNAMIS

RUA BAMBINA, 118 - BOTAFOGO - RIO DE JANEIRO

WhatsApp-icon.png

(21) 3199-0891

( 21) 98187-3749

Parceiros Comerciais:

Dínamis.png
Sem título-1.png

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

SEDE CENTRO e ONLINE:

Segunda a Sexta (9h às 20h) e Sàbado (9h às 17h)

FILIAL BOTAFOGO

Sábado (9:00 às 12:00)

Nossas Redes:

  • Instagram
  • Wix Facebook page
  • Wix Google+ page
  • YouTube ícone social

© Lipe Diaz - Escola de Artes Visuais.  2016 - 2020. Todos os direitos reservados.